quarta-feira, 6 de março de 2013

“Não quero despertar deste sonho” – Diego Reyes

O defesa-central, que no último jogo até jogou com “sucesso” a trinco, aguarda com ansiedade a chegada a Portugal…

Diego Reyes vive “nas nuvens” desde que o FC Porto o contratou. Depois de se ter sagrado campeão olímpico, no verão passado, com a camisola do México, as boas notícias têm-se sucedido. A seguir à medalha de ouro chegaram os contactos dos azuis e brancos com o América e umas semanas depois a notícia de que iria jogar de azul e branco a partir da próxima temporada.

A vida tem sido tão cor-de-rosa para Reyes que o mexicano nem quer acreditar no que lhe tem acontecido. “Estou a viver um grande sonho, que quero continuar a viver. Não quero despertar, nem cair na realidade do que já alcancei na minha carreira, os títulos que já conquistei, a transferência para o FC Porto, caso contrário poderia conformar-me e eu sou muito ambicioso e vou trabalhar para conseguir muitos mais êxitos”, declarou à “Rádio Formula”, do México.

E depois de ter estado duas semanas ausente devido a lesão, Diego Reyes regressou à titularidade no passado sábado para jogar como… médio-defensivo. “O professor Miguel Herrera [treinador do América] considerou que era aí que podia ajudar mais a equipa e fiquei feliz pelo triunfo [3-0] e por termos apresentado um bom futebol”, declarou.

Para o central, atuar à frente da defesa nem é novidade e a verdade é que ainda pode vir a ser muito útil ao FC Porto. “Senti-me cómodo na posição”, confessou até. Esta polivalência de Diego Reyes ganha ainda mais importância quando se sabe que Fernando não tem uma verdadeira alternativa no plantel dos azuis e brancos. Para além disso, o brasileiro nunca escondeu que sonha dar o salto para outros campeonatos…

Diego Reyes falou ainda do compatriota Herrera, que também poderá estar a caminho do FC Porto, da possibilidade de estar presente no Mundial de 2014 ou ainda do que já conhece de Portugal.



Fonte : ojogo

James com titularidade à vista

Chegou o tempo de mudar e aposta na dupla colombiana. Marat Izmailov ou Silvestre Varela com lugar em perigo.

É o pior início de ano de James desde que está no FC Porto. Mais grave ainda do que os sete jogos entretanto já falhados pelo colombiano é a demora em recuperar o seu lugar na frente de ataque. Vítor Pereira não arrisca, o jogador marca passo há quatro desafios consecutivos com presenças intermitentes no onze.

Mas agora que o treinador portista terá de encontrar nova receita para os males do dragão, e com isso minimizar rapidamente o sentimento de perda no universo azul e branco, el bandido poderá estar de volta à ação. Afinal, na frente é que terá de haver algo de novo, porque na defesa nada há a mudar e no meio-campo não restam outras.



Fonte : abola

James Rodríguez garante estar em boa forma

Ao contrário do que aconteceu frente ao Rio Ave, quando saiu do banco para assistir Jackson Martínez no golo que valeu o triunfo ao FC Porto, James Rodríguez não foi feliz nos poucos minutos que esteve em campo, no clássico com o Sporting, em Alvalade.

Como consequência dessa noite pouco inspirada, foram muitos os que apontaram a má forma física de El Bandido para justificar o facto de não ter sido titular e de ter ficado aquém das expectativas quando chamado ao clássico.

A resposta do colombiano não tardou a chegar e veio em jeito de desmentido, através da sua página no Facebook. “Em forma e com a atitude toda”, escreveu James Rodríguez na referida rede social, ao início da tarde de ontem, acrescentando-lhe uma fotografia sua tirada num treino do FC Porto.



Fonte : record